Povos do Ribeira

Acesse a plataforma: http://povosdoribeira.org.br/

Povos do Ribeira é uma plataforma digital voltada ao fortalecimento da diversidade cultural e ao desenvolvimento sustentável do Vale do Ribeira, disponibilizando mecanismos de visibilidade e troca para comunidades, organizações da sociedade civil e entidades do poder público.

A plataforma é pensada na internet analogamente a uma festa popular da região. Uma festa ininterrupta das manifestações culturais, oportunidade em que pessoas de diversas origens podem registrar e trocar informações sobre seus ofícios culturais. Como em uma rede social, mas voltada ao patrimônio cultural, ao turismo de base comunitária e ao desenvolvimento regional sustentável.

Ela constitui um banco de dados aberto e colaborativo que abarca as manifestações culturais dos povos caiçaras, quilombolas, caipiras, guaranis, japoneses entre outros habitantes da região do presente e do passado, e é constituído pela combinação de diferentes trabalhos como fotos, vídeos, áudios, teses, diagnósticos e planos de desenvolvimento e de ação já produzidos por diferentes organizações e pessoas que atuam no Vale do Ribeira.

Todo o conteúdo digital produzido neste projeto segue os atuais padrões de dados abertos de maneira a potencializar sua função pública e comunitária, permitindo que seja acessado, incrementado, utilizado e remixado livremente. Pode, assim, derivar em novos trabalhos, conhecimentos e ações em prol da diversidade natural e cultural da região e, portanto, do desenvolvimento local sustentável. Para tanto, a própria plataforma se constitui com tecnologias abertas que favoreçam a transparência, participação e colaboração nas informações e conhecimentos a serem produzidos e disponibilizados.

O projeto foi viabilizado com recursos públicos advindos do Edital de Artes Integradas do Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo (ProAC). Foi concebido e realizado pela empresa Manufatura de Ideias em parceria com o Estúdio Mezclador, o Instituto Intersaber e o Nupaub-USP.

Publicações

Entrevista com Antônio Carlos Diegues

O antropólogo e professor da USP Antônio Carlos Diegues, coordenador do Núcleo de Apoio à Pesquisa sobre Populações Humanas em Áreas Humidas Brasileiras (NUPAUB), fala sobre o processo de privatização de parques e reservas à luz das práticas coletivas de uso de espaços e recursos comuns.

Entrevista com Ivy Wiens

Nesta segunda entrevista do projeto Territórios Comuns, a assessora técnica do Instituto Socioambiental (ISA) no Programa Vale do Ribeira, Ivy Wiens, fala sobre como a privatização de Unidades de Conservação da Natureza no Estado de São Paulo (Lei 16.260/16) impacta nas terras de quilombos.

Entrevista com Maurício Marinho

Primeira entrevista do projeto Territórios Comuns com o geógrafo e ex diretor do Parque Estadual de Intervales, Maurício Marinho, sobre a Lei 16.260/16 de concessão da gestão das Unidades de Conservação na Natureza no Estado de São Paulo à iniciativa privada.

Encontro entre cultura tradicional e digital em Mandira

O encontro teve como proposta criar um espaço de reflexão e ideias por meio de rodas de conversa, relatos de experiências e intercâmbios entre os participante, tendo como resultado novos e ampliados entendimentos  sobre as relações entre cultura tradicional e cultura digital.
Share